Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

08/07/2024-19h05

Grupo de Gestão de Riscos e Desastres da Udesc realiza visita ao RS

Viagem fortaleceu parcerias com entidades gaúchas

Agenda incluiu visita da equipe do Ceped Udesc ao Laboratório de Vulnerabilidades, Riscos e Sociedade da Universidade Feevale. Foto: Divulgação
Neste final de semana, o Grupo Coordenado em Gestão de Riscos e Desastres (Ceped), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), viajou ao Rio Grande do Sul para estabelecer parcerias e oferecer apoio em ações voltadas às populações afetadas pelas enchentes de maio no Estado. A agenda incluiu três visitas a entidades em Porto Alegre e Novo Hamburgo, realizadas no s dias 6 e 7 de julho.

O primeiro encontro ocorreu na capital gaúcha com o Centro de Pesquisa e Estudos sobre Desastres do Rio Grande do Sul (Ceped/RS), vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). No diálogo, a comitiva da Udesc apresentou os projetos desenvolvidos em Santa Catarina e destacou a importância da formação de uma rede entre os grupos para integração, compartilhamento de experiências e elaboração de programas conjuntos.

A segunda reunião foi realizada no dia 6, em Novo Hamburgo, no Laboratório de Vulnerabilidades, Riscos e Sociedade (LaVuRS) da Universidade Feevale. A visita fortaleceu os laços com a instituição, que já é parceira do Ceped da Udesc, e fomentou a realização de novas atividades.

No domingo, 7, a equipe finalizou a viagem em uma conversa com representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que está em Porto Alegre devido às inundações. O grupo da Udesc se colocou à disposição para colaborar no atendimento às comunidades atingidas pelas cheias, em uma cooperação que deve ter andamento em breve.

A viagem complementa outras iniciativas desenvolvidas pela Udesc voltadas às populações gaúchas, incluindo a campanha de coleta de donativos iniciada em maio nos 13 centros de ensino da universidade em Santa Catarina. Segundo o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade da Udesc, Rodrigo Figueiredo Terezo, a expectativa é de que sejam ações sociais e de prestação de serviços para ajudar na reconstrução socioeconômica das regiões afetadas.

Para o coordenador do Grupo Coordenado em Gestão de Riscos e Desastres da universidade, professor Felipe Kich Gontijo, a ideia não é apenas colaborar pontualmente, mas manter um intercâmbio permanente com as entidades. “ A conexão com outros grupos pode crescer para a formação de uma rede nacional, potencializando a atuação do Ceped Udesc e de outros projetos”, ressalta.

Gontijo pontua ainda a importância de atividades como essa para ampliar as operações do grupo para além do território catarinense. “Este é um momento estratégico para expandir nossa atuação além das fronteiras de Santa Catarina e consolidar a missão de desenvolver uma cultura de gestão integrada de riscos e desastres”, afirma.

Participaram da visita pela Udesc o pró-reitor Rodrigo Terezo, o coordenador Felipe Gontijo, a vice-coordenadora Sandra Mara Marin, e a bolsista Kiara Radich.

Próximas atividades
Desde 2009, quando foi criado, o Grupo Coordenado em Gestão de Riscos e Desastres da Udesc vem desenvolvendo ações relacionadas ao Ensino, Pesquisa e Extensão nas áreas de análise e redução de riscos, manejo de eventos adversos, recuperação, resiliência e desenvolvimento.

Uma nova visita ao Rio Grande do Sul deve ser realizada em breve, para acompanhar as atividades do Grupo de Resposta a Animais em Desastres (GRAD) no Estado. Gontijo comenta que, enquanto grupo multidisciplinar, o Ceped Udesc poderia unir as expertises de pesquisadores e estudantes de diferentes centros para colaborar no auxílio aos animais. “A gente poderia envolver cursos como veterinária, em Lages, e zootecnia, em Chapecó”, exemplifica o coordenador.

Em novembro, a universidade irá sediar o 4º Seminário Catarinense de Educação em Redução de Riscos e Desastres, que irá debater o tema “Mudanças no regime climático: desafios para uma nova realidade”. Já em 2025 o Ceped Udesc será responsável pela organização do 5º Congresso Brasileiro de Redução de Riscos e Desastres, em Florianópolis.

Os eventos buscam colaborar para o debate e conhecimento na área. “Quando se fala em gestão de riscos e desastres, mudanças climáticas, em geral a gente associa a resgate, resposta rápida. Mas qualquer discurso em palestras e congressos, o foco é na educação. E a educação tem um sentido de prevenção, saber o que fazer e o que não fazer numa situação crítica. A ONU estabeleceu no Marco de Sendai, de 2015, que deve haver, por parte das universidades e instituições de ensino superior, um esforço em educação para preparar as próximas gerações para conviver com essas mudanças climáticas. Ninguém sabe direito o que vai acontecer nesse novo regime climático, mas a gente tem que fomentar essa educação para lidar com o imprevisível”, finaliza Felipe Gontijo.

Mais informações sobre as ações e o Ceped Udesc podem ser obtidas pelo e-mail ceped@udesc.br e telefones (48) 3664-8144/ 8200/ 8029/ 7929.


Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefone: (48) 3664-7934

galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
  • Equipe da Udesc durante visita ao Ceped/RS
  • Equipe da Udesc durante visita ao MAB no Rio Grande do Sul
 
ENDEREÇO
Av. Luiz de Camões, 2090
Conta Dinheiro, Lages / SC
CEP: 88.520-000
CONTATO
Telefone: (49) 3289-9100
E-mail: comunicacao.cav@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h