Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Ciências Agroveterinárias

Notícia

20/05/2020-18h16

Laboratório da Udesc faz mapeamento de casos de Covid-19 em Santa Catarina

 
O Laboratório de Geoprocessamento (GeoLab), do Centro de Ciências Humanas e da  Educação (Faed), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), está atuando desde março de 2020 no desenvolvimento do projeto “Mapeamento Casos de Covid-19 - Estado de Santa Catarina”.

A iniciativa de mapear os dados do estado foi do professor Paulo Fernando Meliani, do departamento de Geografia da Udesc Faed, que, como profissional geógrafo, tinha o intuito de compreender por meio de mapas temáticos temporais a situação atual, bem como a tendência futura de comportamento dos casos de Covid-19 no estado.

Com a intenção de somar forças e de fortalecer o desenvolvimento na documentação cartográfica temática, a equipe do GeoLab, integrada por professores e pesquisadores do departamento de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental (PPGplan) da Udesc, em conjunto com uma equipe da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina e de técnicos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, se uniram com o objetivo de protagonizar o mapeamento temático do cenário dos casos de ocorrência da Covid-19, que se traduz adequadamente na área de estudos da ciência geográfica médica.

“Nesse momento, a cartografia se mostra, como nunca, um elemento de crucial importância pelos meios de comunicação e mídias sociais, tornando-se o principal recurso gráfico visual de impacto imediato para esclarecimento dos fatos”, ressalta o coordenador do GeoLab, professor Francisco Henrique de Oliveira.

A equipe do projeto está atuando no mapeamento dos casos de Covid-19 no estado, acompanhando diariamente o levantamento atualizado dos dados oficiais disponibilizados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio do site oficial.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e a empresa Imagem – Soluções de Inteligência Geográfica integram a equipe de apoio do projeto.

Confira os mapas desenvolvidos pelo projeto com os dados atualizados até 19 de maio de 2020:

Casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina




A animação mostra a distribuição geográfica das ocorrências de Covid-19 em Santa Catarina entre 12 de março e 15 de maio de 2020. Os dados foram extraídos dos boletins divulgados pelo Governo do Estado por meio do site oficial.

Conforme observado, a incidência de COVID-19 em Santa Catarina teve início no dia 12 de março, com o registro de dois casos no município de Florianópolis. A incidência avançou rapidamente, afetando 14 dos 295 municípios catarinenses em 20 de março, que, ao todo, apresentavam 39 casos. Ao fim do mês de março 38 municípios catarinenses já apresentavam pelo menos um caso de Covid-19, totalizando 277 ocorrências.

Em 10 de abril o número de casos cresceu para 717, enquanto o número de municípios afetados cresceu para 78.  O avanço prosseguiu em ritmo acelerado sendo contabilizados 1.091 casos em 99 municípios em 21 de abril. Uma semana depois, em 28 de abril, o número de casos registrados foi de 1.995 distribuídos, enquanto que o número de municípios afetados foi de 119.

Ao comparar os dados entre o final de março (dia 31) e de abril (dia 28), o número de infectados pelo coronavírus sofreu um acréscimo de 620% enquanto que o de municípios afetados cresceu 213%.

No dia 05 de maio, a incidência de Covid-19 já afetava 150 municípios que somavam 2.795 casos. Apenas dez dias depois, em 15 de maio, o número de casos cresceu para 4.562, afetando 165 municípios de Santa Catarina. Em 19 de maio os casos de Covid-19 já afetavam 172 municípios, totalizando 5.413 casos.

Os cinco municípios com maior quantidade de ocorrências em 19 de maio foram Chapecó (597), Florianópolis (519), Blumenau (480), Joinville (320) e Criciúma (307).

Em termos de dispersão geográfica, ainda em 19 de maio, 58% dos municípios catarinenses apresentavam ao menos um caso de Covid-19.

Óbitos em Santa Catarina por Covid-19




A animação mostra a distribuição geográfica de óbitos em decorrência de Covid-19 em Santa Catarina entre 14 de abril e 15 de maio. Os dados foram extraídos dos boletins divulgados pelo Governo do Estado por meio do site oficial.

Conforme pode ser observado, em 14 de abril haviam sido registrados oficialmente 28 óbitos em Santa Catarina, distribuídos em 18 municípios localizados nas mesorregiões Sul Catarinense, Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Norte Catarinense. Dez dias depois, em 24 de abril, o número de óbitos cresceu para 42 e o número de municípios com ocorrências subiu para 26, passando a incluir também Mesorregião Oeste Catarinense.

No início do mês de maio, o número de óbitos em decorrência de Covid-19 em Santa Catarina cresceu para 50 enquanto o número de municípios afetados cresceu para 32. Dez dias depois, em 15 de maio, o número de óbitos saltou para 79, passando a atingir 40 municípios catarinenses.

Em 19 de maio o número de óbitos cresceu para 91 enquanto que o número de municípios que apresentaram pelo menos um óbito subiu para 41. O maior número de ocorrências foi Joinville, com 13 óbitos, seguido por Florianópolis, Criciúma e Concórdia, todos com seis óbitos.

Comparando o cenário de 14 de abril e 15 de maio, o número de óbitos em decorrência de Covid-19 em Santa Catarina cresceu 182%, enquanto o número de municípios com ao menos uma ocorrência cresceu 122%.

Em termos de dispersão geográfica, 13% dos municípios catarinenses apresentavam ao menos um óbito em decorrência de Covid-19 em 15 de maio.

Assessoria de Comunicação da Udesc Faed
E-mail: comunicacao.faed@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8512
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
 
ENDEREÇO
Av. Luiz de Camões, 2090
Conta Dinheiro, Lages / SC
CEP: 88.520-000
CONTATO
Telefone: (49) 3289-9100
E-mail: comunicacao.cav@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h
          ©2016-UDESC