Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Ciências Tecnológicas

Notícia

14/03/2019-13h30

Artigo produzido na Udesc Joinville é destaque em uma das maiores publicações científicas da área de polímeros

 
Artigo produzido por egressa e professores da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville, recebeu destaque na capa do "Journal of Applied Polymer Science", revista A1, considerada uma das mais importantes da área de polímeros.

O trabalho foi escrito por Wanessa Weihermann, doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais (PGCEM), e pelos professores do Departamento de Química (DQMC), Sérgio Henrique Pezzin e Marcia Margarete Meier.

O artigo entitulado “Polidimetilsiloxano amino-funcional microencapsulado como um agente de autorregeneração externo autônomo para sistemas epoxídicos” recebeu destaque na capa quanto à imagem que mostra a superfície da fratura de um sistema epóxi autorregenerado, indicando a quebra de microcápsulas e a liberação do material do núcleo. Isso sugere a formação de uma interface híbrida a partir da reação do polidimetilsiloxano amino-funcional com a matriz epóxi, causando um aumento da tenacidade à fratura após o processo de cicatrização.

O artigo aborda compósitos poliméricos autorregeneráveis que são considerados por muitos pesquisadores um grande salto tecnológico, o que permite uma nova concepção para o “design” de materiais de engenharia e proporciona maior vida útil a materiais poliméricos para aplicações de alto valor agregado. O desenvolvimento de materiais compósitos autorregeneráveis, resultando em materiais com uma maior confiabilidade e longevidade, pode ser importante para a indústria aeroespacial, por exemplo, em caso de danos internos de difícil detecção dentro da matriz polimérica, ou em casos onde é impossível executar manutenção corretiva in loco.

A reparação autonômica da estrutura seria uma alternativa viável para proporcionar uma estrutura mais confiável e segura, sendo que a adição de microcápsulas contendo agentes de cura pode potencialmente aumentar a tenacidade à fratura do material. Quando as microcápsulas se rompem, o agente de cura é liberado no plano da rachadura e inicia o processo de polimerização que impede a propagação de fissuras.

A ideia de se usar um componente funcional microencapsulado em uma matriz polimérica, com o intuito de restaurar as propriedades de compósitos após uma tensão aplicada, tem sido investigada e apoiada por vários pesquisadores, inclusive no Grupo de Desenvolvimento de Materiais Poliméricos da Udesc, que estuda diferentes tipos de catalisadores, sistemas de cura, materiais encapsulantes e formas de armazenamento dos agentes de cura.

Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville
E-mail: comunicacao.cct@udesc.br
Telefone: (47) 3481-7930
galeria de downloads
galeria de imagens
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Rua Paulo Malschitzki, 200
Zona Industrial Norte, Joinville / SC
CEP: 89.219-710
CONTATO
Telefone: (47) 3481-7900
E-mail: comunicacao.cct@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h
          ©2016-UDESC