Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Artes, Design e Moda

Notícia

27/09/2021-16h55

Professores e alunos da Udesc participam de Festival de Música Contemporânea

Festival é composto por professores e alunos do Departamento de Música do Centro de Artes

 
Imagem: Divulgação.
O Centro de Artes (Ceart), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), está no 3º Festival de Música Contemporânea Brasileira Edino Krieger (MCB). O evento, que esse ano acontece no formato on-line, tem a coordenação da professora Thais Lopes Nicolau, do Departamento de Música (DMU) e conta com a participação de outros professores e de alunos do departamento. O festival teve início nesta segunda-feira, 27 de setembro, e segue até sexta, 1º de outubro.

O festival presta homenagem ao compositor catarinense Edino Krieger, por meio de uma intensa programação musical, que em 2021 integra a programação do Encontro da Música Brasileira, realizado pelo Grupo Sintonize, através do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura/Artes e do edital Campus de Cultura, da Udesc.


Todos os dias, na programação, acontece uma das entrevistas da série “Por trás da partitura”, além de apresentações musicais com lançamentos exclusivos para o MCB, interpretados por músicos e professores vinculados ao DMU. O objetivo das conversas é que os músicos debatam sobre suas experiências, influências e os processos que permeiam suas obras.

Aberto ao púbico em geral, e gratuito, o festival é transmitido pelo canal do Grupo Sintonize, no YouTube. Os participantes recebem certificados por atividade. 

Programação
Segunda-feira (27/09):
- às 17h:Por trás da partitura: “Entrevista com Acácio Piedade e Leonardo Mueller”;
- às 18h - Lançamento da obra: “Devaneio” composta por Acácio Piedade, interpretada por Leonardo Mueller.
Terça-feira (28/09):
- às 19h: Por trás da partitura: “Entrevista com Lourdes Saraiva e Luiz Mantovani”;
- às 20h: Lançamento da obra: “Quatro Poemas para Violão”, composta por Lourdes Saraiva, interpretada por Luiz Carlos Mantovani.
Quarta-feira (29/09):
- às 17h: Por trás da partitura: “Entrevista com Luigi Irlandini”;
- às 18h: Lançamento da obra “Ho-oo” composta e interpretada por Luigi Irlandini.
Quinta-feira (30/09):
- às 17h: Por trás da partitura: “Entrevista com Lourdes Saraiva e Maria Bernadete Póvoas, Contemplações para piano: diálogo entre compositora e intérprete”;
- às 18h: Lançamento das obras: “A curva do horizonte” e “De além das montanhas” de Lourdes Saraiva Interpretadas por Maria Bernardete Póvoas;
Sexta-feira (01/10):
- às 17h: Por trás da partitura: “Entrevista com Felipe Coelho”;
- às 18h: Lançamento da obra: “Chorando baixinho” composta e interpretada por Felipe Coelho.

Ministrantes
Acácio Piedade
é bacharel em Composição pela Universidade Estadual de Campinas. Após sua formação em composição, pesquisou a música de povos indígenas e concluiu mestrado e doutorado pela UFSC, na área de Antropologia. Realizou um estágio pós-doutoral em Musicologia Analítica na Universidade Paris Sorbonne, França, com apoio do CNPq, e um segundo pós-doutorado em Composição e Música Transcultural na Hochschule für Musik FRANZ LISZT Weimar, Alemanha, com apoio do DAAD. Compositor ativo e premiado, tem obras gravadas e executadas em concertos e festivais nacionais e internacionais. É professor associado na Udesc junto aos cursos de graduação e pós-graduação em Música.

Leonardo Mueller iniciou seus estudos em violão clássico na Escola de Artes de Chapecó, o que o levou a ingressar no curso de bacharelado em violão da Udesc, em 2019. Realizou diversos concertos em Florianópolis promovidos pelo grupo Concertinho Floripa, no auditório do departamento de música e também no Jardim Botânico da capital. Além disso, participou da camerata de violões do professor Bruno Madeira, contemplados pelo Circuito SESC, fazendo uma pequena turnê por algumas cidades da região leste do estado.

Lourdes Saraiva é doutora em Composição Musical pela Universidade de York, Inglaterra, com bolsa da Fundação CAPES, sob orientação de Thomas Simaku. Completou os cursos de Bacharelado e Mestrado em Composição Musical na Universidade do Estado do Rio Grande do Sul – UFRGS, em Porto Alegre, sob a orientação de Celso Loureiro Chaves e de Antônio Borges Cunha. Foi indicada como melhor compositora ao Prêmio Açorianos de Música 2014, com a peça Retrato Metafísico de Porto Alegre, para violão solo, do CD ‘Porto Alegro’ gravado por Daniel Wolff. Suas obras incluem peças orquestrais e para conjunto de câmara, peças para voz, e solo para diversos instrumentos as quais têm sido tocadas e gravadas no Brasil, e também no âmbito internacional. Ministra disciplinas de Percepção Musical e Composição no Departamento de Música da Udesc Ceart.

Luiz Mantovani é violonista e professor do DMU da Udesc Ceart, desde 2003. Ele possui PhD em Musicologia pelo Royal College of Music em Londres, Mestrado e Artist Diploma pelo New England Conservatory of Music em Boston, e Bacharelado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Unirio. Instrumentista com atuação internacional e especialista em música de câmara, integrou por 11 anos o Quarteto Brasileiro de Violões – com quem recebeu o Grammy Latino em 2011 – e atualmente integra o NOVA Guitar Duo.

Luigi Irlandini se dedica, além da composição, performance e ensino, à pesquisa investigativa de temporalidades musicais circulares e da presença de conteúdos antigos e não-europeus na composição musical do século XX e contemporânea. Participa de festivais e congressos internacionais como compositor, intérprete e palestrante, com destaque à Bienal de Música Brasileira Contemporânea no Rio de Janeiro desde 1983 e ao International Shakuhachi Festival em Praga em 2021. Algumas de suas composições estão reunidas no CD Ākāṣa, lançado em 2019 em CD físico e em diversas plataformas digitais e produzido com apoio parcial da Fundação Catarinense de Cultura (Prêmio Elizabete Anderle de 2017). Irlandini colaborou com grupos de teatro experimental no Brasil e na Itália em diversas ocasiões. Em 1985, Egberto Gismonti produziu o LP Azul e Areia, pelo selo CARMO, de improvisações pianísticas de Irlandini. Estudou composição com Hans-Joachim Koellreutter, no Rio de Janeiro; Franco Donatoni na Itália; Stephen L. Mosko e Brian Ferneyhough na Califórnia. Estudou piano no Rio de Janeiro com Estela Caldi e Luiz Henrique Senise.

Maria Bernadete Póvoas é doutora em Música pelo Programa de Pós-Graduação da UFRGS com residência na Universidade de Iowa (EUA). É Professora Associada do DMU da Udesc Ceart, onde atua nos cursos de graduação e pós-Graduação em Música. Como pianista tem atuado como solista e camerista, participando de júris e curadorias de música. Como professora de Piano e Música de Câmera, vê seus alunos destacando-se no cenário brasileiro com premiações em concursos e turnês. Como pesquisadora participa de eventos científicos com apresentação e publicação de pesquisa interdisciplinar sobre repertório brasileiro solo e de câmera, desempenho, técnica e interpretação pianística com aportes em argumentos de áreas que tratam do movimento humano. Atualmente, é investigadora pós-doutoranda no INET-md / Universidade de Aveiro, sob a orientação de Helena Marinho, pesquisando sobre composições para piano de Frederico de Freitas (Coleção da Universidade de Aveiro) e estratégia técnico-pianística junto ao LabEAMUS e ESSUA (UA).

Considerado "a cara do novo violão brasileiro" (Revista Violão Mais 2016) e "um dos mais importantes violonistas brasileiros da nova geração" (Revista Guitar Player Brasil 2017), Felipe Coelho é representado internacionalmente pelos selos Hot Club Records e Tratore, tendo sete discos disponíveis nas principais plataformas e sua oitava obra autoral com produção em andamento. O músico possui mestrado em Música pela GSU (EUA), participou de mais de 40 festivais de música e realizou 12 turnês, atuando em cidades como  Nova Iorque,  Shanghai e  Buenos Aires. Em seu trabalho como compositor, Felipe Coelho alia a música erudita camerística e orquestral com linguagens populares como o choro, o jazz e o flamenco.

Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart*
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
*em atendimento remoto


galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 1907
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8300
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h