Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

29/11/2019-15h53

Projeto do Coletivo Nega comemora três anos com apresentações abertas à comunidade na Udesc

 
O Coletivo Negras Experimentações Grupo de Artes (NEGA), que se originou a partir de um projeto de extensão na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), comemora os três anos de seu projeto “Mulheres Negras Resistem”, com apresentações e oficinas. Os eventos acontecerão nos dias 29 e 30 de novembro, sexta e sábado, respectivamente, no Departamento de Artes Cênicas (DAC) do Centro de Artes (Ceart) da Udesc. As atividades do dia 29 são abertas ao público.

O evento conta com criação e produção de Thuanny Paes, formada no curso de Teatro da Udesc Ceart e assistência de Michele Mafra, aluna de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Também participarão como professoras as alunas do curso de Teatro Alexandra de Melo e Franco, e as bolsistas do projeto de extensão Rita Roldan e Sarah Motta. Para mais informações, acesse o evento no Facebook.

Sobre o projeto Mulheres Negras Resistem

O projeto é um trabalho de arte e educação que durante seu primeiro ano levou a performance Preta-à-Porter, criada a partir de histórias da vida pessoal de artistas que participam ou participaram do coletivo, para as escolas, comunidades negras e comunidades de mulheres em vulnerabilidade social. Além da peça, também aconteciam rodas de conversa e oficinas de teatro. Hoje, o Coletivo trabalha com oficinas permanentes no Morro do Mocotó, Maloca e Presídio Feminino de Florianópolis, este último em conjunto com o projeto projeto de pesquisa “Infiltrações das artes cênicas nos espaços de privação de liberdade”, sob coordenação do professor Vicente Concilio.

O “Mulheres Negras Resistem” é financiado pelo Fondo de Mujeres del Sur (Fundo das Mulheres do Sul), uma fundação que mobiliza recursos financeiros e apóia organizações que promovem os direitos das mulheres e pessoas LBTIQ+ na Argentina, Uruguai e Paraguai, além de implementar o programa regional Liderando desde el Sur (Líder do Sul) em 21 países da América Latina e do Caribe. O Coletivo NEGA participou deste programa em 2016, referente aos países da América Latina.

Sobre o Coletivo NEGA

O Coletivo NEGA é o único grupo de Teatro Negro de Santa Catarina e nasceu há nove anos, a partir do projeto de extensão criado pela professora Fátima Costa de Lima da Udesc Ceart, buscando suprir a falta de representatividade para a população negra no campo do teatro. Hoje, com apoio do projeto de extensão, mas independe de professores, o grupo trabalha com administração e criação coletiva com Rita R.I, Fernanda Rachel, Thuanny Paes, Michele Mafra, Franco e Sarah Motta e tem como objetivo valorizar as produções teatrais de artistas negros, com destaque para as mulheres negras.

Programação:

  • Dia 29:
16h | Espaço 1 do DAC: apresentação da peça “Estendemos Nossas Memórias Ao Sol”, das alunas do presídio feminino de Florianópolis.
18h | Sala Dança 1 do DAC: apresentação do Grupo Mittos com a performance “Dandara”.
19h | Sala Dança 1 do DAC: roda de conversa sobre as Experiências e desafios do Projeto Mulheres Negras Resistem.

  • Dia 30:
10h às 19h | Oficinas Intensivas destinada às comunidades parceiras:
Oficina: “Percussão e Corporeidade”
Oficina: “Histórias de quem é de noite”

Serviço:

O QUÊ: Três anos do Projeto Mulheres Negras Resistem.
QUANDO: 29 e 30 de novembro de 2019.
ONDE: Departamento de Artes Cênicas da Udesc Ceart - Av. Madre Benvenuta, 1907, Itacorubi, Florianópolis/SC.
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade (dia 29).

Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8350
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 1907
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8300
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h