Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Ciências da Saúde e do Esporte

Notícia

29/05/2020-19h02

Alunos e egressos da Udesc Laguna buscam resgatar valor histórico do ladrilho hidráulico

 
Raro exemplar foi encontrado na pesquisa - Foto: Div.

Alunos e egressos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro de Educação Superior da Região Sul (Ceres), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), realizaram pesquisa científica para descobrir a relação entre os ladrilhos hidráulicos encontrados nas edificações de Laguna com o centro histórico tombado da cidade.

Iniciada em 2015, a pesquisa foi idealizada pelo acadêmico Indio de Azevedo Vignes e visa trazer contribuições para a gestão e a conservação do patrimônio cultural brasileiro.

"Ao voltar do intercâmbio realizado na França, percebi que havia uma lacuna nas fontes teóricas sobre ladrilho hidráulico no Brasil e que este elemento poderia ser um vetor de valorização do patrimônio arquitetônico de Laguna", afirma o estudante.

A constatação de Vignes foi o ponto de partida para a formação de um grupo de estudos com os hoje egressos Amanda Godinho Dal Molin, Deborah Lurdes Triches Acordi, Francielen Vieira Meurer e João Paulo Mota.

A iniciativa de Arquitetura e Urbanismo também conta com a estudante Isadora Cristina Cardoso. Além disso, a fase inicial do trabalho teve colaboração da professora Ana Carolina Vicenzi Franco.

Etapas

O projeto foi dividido em três etapas. A primeira delas, que está sendo concluída, consiste em realizar uma pesquisa científica para descobrir a relação entre os ladrilhos hidráulicos e o centro histórico tombado de Laguna. Confira a pesquisa.

A segunda etapa prevê a criação de um atelier para a fabricação de ladrilhos hidráulicos, com o apoio da Prefeitura de Laguna, da Udesc e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A ideia é resgatar e preservar a técnica para a produção na cidade.

A terceira etapa pretende contar com a participação de artistas gráficos nacionais no projeto. "Para que eles reinterpretem o ladrilho, atualizando os desenhos do elemento no tempo. A releitura permite valorizar o ladrilho hidráulico, como alguns artistas modernos já o fizeram", explica Vignes.

Resultado da primeira fase

Entre as descobertas da primeira etapa, foi identificada a existência de uma fábrica de ladrilhos hidráulicos em Laguna, que esteve em atividade na década de 1970. "Da qual não se tinha registros, nem mesmo no Iphan", conta o idealizador do projeto.

Através da pesquisa, o grupo conseguiu contatar o último ladrilheiro de Laguna, o artesão Eloir Machado, em encontro que gerou um videodocumentário.

O trabalho realizado até agora pelo grupo resultou em uma base de dados de 3.121 fotografias de alta resolução, produzidas em 664 visitas às propriedades do Centro Histórico de Laguna.

A partir da investigação, pretende-se publicar, em forma de catálogo, os resultados encontrados, contribuindo para identificação, documentação, difusão e preservação do patrimônio material da cidade.


Apresentação na França

Em 2018, a pesquisa foi apresentada por Vignes no Centro Internacional de Construção e Patrimônio (CICP), na cidade de Viviers, na França.

O evento foi prestigiado pelo professor emérito da Universidade de Aix-Marseille, Yves Esquieu, que é o autor do livro "Une Historie du Carreau-mosaïque: de la couleurs dans la Maison" e destacou a qualidade metodológica de captação dos dados da pesquisa.

Mais informações

Parte dos resultados da pesquisa será publicada pela conta do projeto no Instagram. Mais informações podem ser obtidas diretamente pelo perfil e pelo e-mail do coordenador, indiovignes@gmail.com.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010  

galeria de downloads
galeria de imagens
  • Raro exemplar de ladrilho hidráulico encontrado durante a pesquisa
  • Indio Vignes e Eloir Machado
  • Membros do grupo: Francielen, Deborah, João, Isadora e Amanda
  • Apresentação na França com Indio Vignes e professor Yves Esquieu (de vermelho)
 
ENDEREÇO
Rua Pascoal Simone, 358 - Coqueiros - Florianópolis - SC
CEP: 88080-350
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8600
E-mail: comunicacao.cefid@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h