Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Ciências da Saúde e do Esporte

Notícia

19/04/2017-13h33

Órgão de assistência estudantil da Udesc tem novo coordenador

 
Daniel Kalil - Foto: Proex
Desde segunda-feira, 17, a Coordenadoria de Assuntos Estudantis (CAE), ligada à Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Comunidade (Proex), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), tem um novo coordenador, o técnico universitário Daniel da Costa Branco Kalil.

O servidor substitui o professor Alfredo Balduíno Santos, que seguirá à frente do Núcleo Extensionista Rondon (NER) e do Grupo de Gestão de Riscos e de Desastres (Ceped) e prestará suporte na creditação da extensão.

Kalil vem atuando na área de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis desde 2013, primeiro no Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed) e atualmente na Proex. O novo coordenador é formado em Ciências Biológicas e cursa graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos na Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).

Para o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade, Fábio Napoleão, tais qualificações auxiliarão nos afazeres do novo coordenador e no avanço da nova coordenadoria, embrião de uma possível pró-reitoria.

Criada em abril de 2016, a CAE atende os alunos em assuntos sobre acesso, permanência estudantil, desempenho acadêmico, cultura, saúde, esporte e egressos, por meio de projetos diversos, como o "Acolhe Udesc" e a "Central de Atendimento ao Estudante", integrantes do Plano de Gestão 2016-2020.

Estruturação da coordenadoria

Kalil diz que a CAE está sendo rapidamente estruturada, a exemplo da criação do Setor de Assistência Estudantil (SAE), que fica no Prédio da Reitoria e oferece atendimento institucional de ordem psicológica, pedagógica, social e psicopedagógica aos estudantes do Campus I e suporte aos demais centros de ensino.

Em parceria com as demais coordenadorias da Proex, a CAE está atuando também no aperfeiçoamento de políticas e ações no âmbito da cultura e do esporte, em projetos como os Jogos Internos da Udesc (Jiudesc), a liga das atléticas, a interiorização do Centro de Artes (Ceart) e o festival de bandas da Udesc.

A coordenadoria é ainda responsável por funções na área de políticas de ações afirmativas e diversidade, com o suporte de núcleos e laboratórios da universidade.

Ações previstas para 2017

Para 2017, segundo o novo coordenador, são previstas ações como a revisão de resoluções e editais, visando a desburocratização e a articulação com as diretrizes do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (Fonaprace).

Kalil afirma que estão sendo reativadas e criadas comissões que discutirão, com a participação de todos os seguimentos da universidade, as ações de assistência estudantil. Apesar da crise econômica, a prioridade é valorizar as ações de assistência aos acadêmicos.

Revisão de valores de programas de assistência

Apesar do cenário de crise que persiste desde 2016, a Udesc iniciou este ano revendo valores dos programas de assistência estudantil voltados aos alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

O primeiro edital do Programa de Auxílio Permanência Estudantil (Prape), atualmente em fase de análise documental dos inscritos, trouxe reajuste no valor, de R$ 450 para R$ 550 (auxílio para alimentação e moradia).

Esse incremento de cerca de 25% no valor dos auxílios passará a valer a partir de junho de 2017 para novos benefícios e renovações. A inflação de 2016, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi de 6,29%.

Já no edital do Programa de Subsídio nas Refeições Oferecidas nos Campi da Udesc (Prosur) do primeiro semestre, o valor do subsídio às refeições foi reajustado em R$ 1,50, uma ampliação de 30%, indo de R$ 5 para R$ 6,50 por dia.

Dos 550 estudantes atendidos pelo Edital Prosur 2017/1, aproximadamente 30% são da sede do Campus I, no Bairro Itacorubi, em Florianópolis. Esses acadêmicos terão refeições gratuitas no restaurante universitário durante a vigência dos seus benefícios.

Recursos federais para extensão

Segundo o pró-reitor Fábio Napoleão, a Udesc deveria receber recursos financeiros do governo federal pelo Programa Nacional de Assistência Estudantil para as Instituições de Educação Superior Públicas Estaduais (Pnaest) como contrapartida do ingresso da universidade ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 2013. Os recursos foram repassados apenas em 2016, após constante contato com o Ministério da Educação (MEC).

Napoleão enfatiza que a Udesc usou receitas próprias para garantir a realização do Prosur e que "infelizmente o apoio do MEC tem sido pífio para as instituições de ensino públicas estaduais, diferente das federais".

O pró-reitor destaca casos como o do Pnaest, sem a perspectiva de novos editais, bem como o do Programa de Extensão Universitária (Proext), cujos recursos de 2014, 2015 e 2016 ainda não foram repassados. "Apesar da crise econômica, a prioridade é valorizar as ações de assistência aos estudantes", conclui.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-8006/8010
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Daniel Khalil
 
ENDEREÇO
Rua Pascoal Simone, 358 - Coqueiros - Florianópolis - SC
CEP: 88080-350
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8600
E-mail: comunicacao.cefid@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h