Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Ciências da Saúde e do Esporte

Notícia

27/04/2018-18h45

Udesc Laguna cria grupo para apoiar volta do cultivo de camarão marinho no Estado

 
Integrantes da universidade e do setor produtivo fizeram primeiro encontro nesta quinta - Foto: Divulg.
Com o objetivo de auxiliar a retomada do cultivo catarinense de camarões marinhos, o Centro de Educação Superior da Região Sul (Ceres), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Laguna, criou o Grupo de Interesse em Carcinicultura, voltado a produtores, técnicos, extensionistas, professores, pesquisadores, estudantes e demais interessados no tema.

O primeiro encontro do grupo teve uma palestra com o especialista Marcelo Borba, da empresa Phileo Lesaffre AnimalCare, nesta quinta-feira, 26, no Auditório do Bloco 2 da Udesc Laguna, no Bairro Progresso.  

Foram abordados o status atual e a eficiência da carcinicultura no Brasil e no mundo, além de novas ferramentas para melhoria consistente dos índices de produção. 

Os participantes do grupo farão encontros a cada duas semanas para repassar informações e conhecimentos sobre as novas tecnologias de cultivo aos produtores. A próxima reunião será em 10 de maio, no mesmo local.

Vírus da mancha branca

O Grupo de Interesse em Carcinicultura da Udesc Laguna surgiu a partir da necessidade de auxiliar os produtores de camarão no Estado, principalmente devido ao vírus da mancha branca. 

A doença não causa problemas à saúde humana, mas é a mais devastadora para a carcinicultura no mundo, pois debilita os camarões ao atacar e destruir células de órgãos do sistemas digestivo e respiratório dos animais. 

A partir de 2004, o vírus da mancha branca causou o fechamento de 92 fazendas de cultivo no Sul de Santa Catarina. Agora, na safra do último verão, cinco delas conseguiram voltar a produzir. 

Essa retomada da produção na região está relacionada aos baixos níveis da carga viral da mancha branca no Complexo Lagunar, segundo o coordenador do grupo de interesse, Giovanni Lemos de Mello, que é professor, pesquisador e chefe do Departamento de Engenharia de Pesca e Ciências Biológicas da Udesc Laguna.

"A preocupação é com o aumento da carga viral e consequentemente com a volta da manifestação da doença. Foi por isso que reunimos os produtores, para que eles entendam que precisam investir em outros sistemas e para que se consiga produzir camarões de forma biossegura, sem a manifestação de doenças", explica Mello.

Mais informações

Mais informações sobre o Grupo de Interesse em Carcinicultura da Udesc Laguna podem ser obtidas pelo e-mail pesca.ceres@udesc.br e pelo telefone (48) 3647-7913.

Acompanhe as novidades da Udesc pelo Facebook, Instagram, Twitter, WhatsApp e YouTube. Se você é estudante, acesse office.udesc.br para ativar sua conta de e-mail e ter o pacote Office 365 gratuitamente.

Assessoria de Comunicação da Udesc*
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010

* Esta reportagem foi apurada e escrita pela estagiária de Jornalismo do setor, a acadêmica Lavínia Beyer Kaucz, sob supervisão e edição do jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
 
ENDEREÇO
Rua Pascoal Simone, 358 - Coqueiros - Florianópolis - SC
CEP: 88080-350
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8600
E-mail: comunicacao.cefid@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h