Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Centro de Educação Superior do Oeste

Notícia

14/04/2020-19h21

Grupo de trabalho da Udesc lidera ações para definir aulas online em cursos presenciais

 
Reunião no dia 27 decidirá formas de ensino remoto para graduação e pós - Foto: Ascom Udesc Joinville
Nesta segunda-feira, 13, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) decidiu, por meio de grupo de trabalho (GT), várias ações para definir a possibilidade de realizar atividades acadêmicas de cursos presenciais de graduação e pós-graduação no modo remoto (online). Essas atividades estão suspensas desde 17 de março devido à pandemia do novo coronavírus.

As ações determinadas nesta segunda-feira resultam de trabalhos que estão sendo realizados pelo GT desde 24 de março, em parceria com três subgrupos: de docentes e discentes; de ensino remoto (online): possibilidades do uso nos cursos presenciais de graduação e pós-graduação; e de cursos da área da Saúde: realização de estudos sobre demandas específicas.

Essas ações envolvem, por exemplo, a aplicação de questionários junto à comunidade acadêmica e com o apoio das direções-gerais dos centros sobre diversos aspectos relacionados ao ensino de cursos presenciais no modo remoto. Confira mais detalhes abaixo, nos tópicos de cada subgrupo.

Os dados de todas as ações previstas serão apresentados em 27 de abril, quando haverá uma reunião do GT com todos os subgrupos e a equipe da Gestão 2020-2024 da Udesc para a tomada de decisões sobre: 

  1. Uso do ensino remoto nos cursos presenciais
  2. Ajuste do calendário acadêmico da graduação e da pós-graduação
  3. Identificação de ações para assegurar a efetiva implantação
  4. Acompanhamento e avaliação das ações implantadas

O grupo de trabalho tem o novo pró-reitor de Ensino, Nério Amboni, como coordenador e a nova pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Letícia Sequinatto, como coordenadora-adjunta. 

"Teremos de levar em conta várias questões da comunidade acadêmica e da estrutura. Acredito que a Udesc conseguirá encontrar uma alternativa consciente e responsável para não haver problemas na qualidade do nosso ensino", destaca o pró-reitor Amboni.

Os debates e os estudos do GT e dos subgrupos contam com as participações de professores de todos os centros de ensino da Udesc, indicados pelos diretores-gerais; de técnicos da Pró-Reitoria de Ensino (Proen); e de representantes discentes indicados pelo Diretório Central de Estudantes (DCE).

Ao lado de Amboni e da pró-reitora Letícia, o novo reitor da Udesc, Dilmar Baretta, agradeceu a participação de todos os gestores, professores, técnicos e estudantes envolvidos nos debates.

Subgrupo de docentes e discentes

Liderados pelo diretor-geral do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), Everton Luis Pellizzaro de Lorenzi Cancellier, esse subgrupo está finalizando um questionário que deverá ser aplicado junto a todos os alunos e professores da Udesc entre 16 e 20 de abril.

Os principais pontos do questionário para os docentes serão:

  • Acesso dos docentes a recursos tecnológicos; 
  • Equipamentos necessários para a atividade docente; 
  • Softwares necessários para as disciplinas ministradas; 
  • AVA-Moodle e ferramentas tecnológicas de apoio ao ensino remoto; 
  • Necessidade de treinamento no ambiente Moodle; 
  • Ferramentas tecnológicas complementares relevantes no apoio para atividades de ensino remoto nas disciplinas;
  • Percentual do conteúdo que pode ser ministrado de forma remota; 
  • Acesso à biblioteca; 
  • Acesso aos laboratórios;
  • Modalidades de avaliação;
  • Vantagens e desvantagens da adoção do ensino remoto em cursos presenciais de graduação e pós-graduação.

O formulário a ser aplicado junto aos estudantes abordará estes assuntos:

  • Acesso dos alunos a recursos tecnológicos; 
  • Softwares necessários para a realização das disciplinas; 
  • Livros e outros matérias bibliográficos mínimos necessários para realizar as disciplinas; 
  • Disponibilidade de tempo para realizar atividades de ensino remoto em tempo real e a qualquer tempo; 
  • Familiaridade com recursos e ferramentas tecnológicas; 
  • Ferramentas tecnológicas complementares relevantes para o aprendizado; 
  • Condições emocionais e psicológicas para a continuidade do curso presencial com atividades de ensino remoto; 
  • Vantagens e desvantagens da adoção do ensino remoto em cursos presenciais de graduação e pós-graduação.

Após o fim do prazo para professores e estudantes responderem esses questionários, o subgrupo analisará e cruzará os dados coletados com as estatísticas de perfil socioeconômico da Udesc entre 21 e 25 de abril. A apresentação dos resultados ocorrerá na reunião geral do grupo de trabalho, agendada para o dia 27.

Subgrupo de ensino remoto (online)

Coordenado pela professora Carmen Maria Cipriani Pandini, do Departamento de Pedagogia do Centro de Educação a Distância (Cead), esse subgrupo foi encarregado de analisar as possibilidades ou não do uso de ensino remoto nos cursos presenciais de graduação e pós-graduação.

Os integrantes vêm estudando um conjunto de ações e definiu, por exemplo, o uso da plataforma Moodle como ferramenta principal para professores e estudantes desenvolverem atividades de ensino remoto como forma de minimizar os impactos do isolamento social e assegurar o andamento das atividades acadêmicas dos cursos presenciais. Outros recursos tecnológicos poderão ser utilizados como apoio.

Além disso, a coordenação do GT e o subgrupo enviaram comunicado interno às direções-gerais nesta terça-feira para os centros fazerem levantamentos dos professores que necessitam de capacitação no Moodle e daqueles que já dominam a ferramenta e podem atuar como multiplicadores na formação dos colegas.

As direções-gerais deverão encaminhar as duas listas ao grupo de trabalho até 17 de abril. Com base nesses levantamentos, salas virtuais para os cursos de formação docente serão organizadas e criadas no Moodle até o dia 20, enquanto a capacitação iniciará no dia 22.

Com o apoio da Direção-Geral da Udesc Cead, haverá as seguintes formações para professores: cursos básicos do Moodle e cursos de aperfeiçoamento "Docência na EAD: Metodologia Udesc" e "Aprendendo o Moodle".

Subgrupo de cursos da área da Saúde

Liderado pela professora Edlamar Kátia Adamy, do Departamento de Enfermagem do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), esse subgrupo está discutindo os seguintes itens com professores, alunos e técnicos:

  • Questão do estágio;
  • Percentual de aulas teóricas e de aulas práticas;
  • Necessidade de uso de laboratórios;
  • Carga horária teórico-prática (ATP) que exige realização em cenários reais de prática;
  • Verificação de estudantes e professores pertencentes aos grupos de risco: imunossuprimido, cardiopata, doença pulmonar, enfermidades hematológicas, doença renal crônica, imunodepressão (asma, bronquite, DPOC, diabetes, hipertensão, lúpus, câncer, obesidade ou outra) ou se está acima de 60 anos;
  • Se o discente ou o docente reside com pessoa pertencente a grupo de risco.

Até esta quarta-feira, 15, o subgrupo enviará questões da sua área para inserção nos formulários que estão sendo elaborados pelo subgrupo de docentes e discentes.

Além disso, o subgrupo dos cursos da área da Saúde apresentará, até o dia 22, uma proposta de curso de formação no Moodle sobre o novo coronavírus, voltado para professores, técnicos e estudantes.

Mais informações

Mais informações sobre as ações do GT podem ser obtidas pelo e-mail proen.reitoria@udesc.br.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010  
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 13
 
ENDEREÇO
Rua Beloni Trombeta Zanin 680E - Bairro Santo Antônio - Chapecó - SC
CEP: 89.815-630
CONTATO
Telefone: (49) 2049-9524
E-mail: comunicacao.ceo@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h
          ©2016-UDESC