Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

09/08/2019-16h12

Professor da Udesc recebe prêmio internacional de composição na Alemanha

 
Acácio Piedade (ao centro) recebe premiação junto a autoridades alemãs em coletiva de impresa.  Foto: www.eisenach.de
O professor Acácio Piedade, docente na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), ganhou um importante prêmio internacional de composição durante seu pós-doutorado na Alemanha. Sendo o único brasileiro dos 23 inscritos, Acácio venceu o primeiro lugar no concurso Internationaler Eisenacher Kompositionspreis, promovido e organizado pela cidade de Eisenach, terra natal do compositor Johann Sebastian Bach. 

A obra inédita “Divertimento für Kontrasubjekte" foi escrita para orquestra sinfônica e possui relação com as peças de Bach, requisito para participar do concurso. O diferencial da composição é o destaque dado aos contra-sujeitos. O professor da Udesc explora a sonoridade que geralmente aparece apenas como apoio a temas principais (sujeitos) em fugas (formas musicais polifônicas que são parte marcante do repertório do músico alemão). Contra-sujeitos foram criados, primeiramente, para aparecerem em segundo plano, como uma sombra do sujeito, mas essa não é sua função na composição vencedora. 

Desde pequeno, quando começou a estudar fugas e partituras de Bach, Acácio anota seus contra-sujeitos favoritos. Na sua nova obra, selecionou alguns destes e compôs um divertimento. “Resolvi mandar o sujeito sair, vamos dizer assim, e usar só os contra-sujeitos, criando um momento para eles exibirem todo seu potencial juntos”, explicou o professor. 

O concerto de estreia será no dia 16 de agosto em Eisenach. A música será apresentada pela orquestra Thüringen Philharmonie Gotha-Eisenach, regida pelo maestro russo Alexei Kornienk. 

Projetos na Alemanha

Acácio Piedade atualmente realiza um pós-doutorado na Universidade de Música Franz Liszt, na cidade de Weimar, Alemanha. Em setembro de 2018, o professor da Udesc iniciou uma nova pesquisa buscando unificar sua trajetória como compositor e seus trabalhos na área da antropologia, quando estudou música indígena no mestrado e doutorado. Com foco em elementos culturais empregados em composição, Acácio foi acolhido nos departamentos de Composição e de Estudos Transculturais em Música.

Além de executar o novo estudo, participar de seminários e realizar palestras, o professor também leciona na universidade alemã. No último semestre, criou e ministrou a disciplina “Composição Transcultural”, inédita na Alemanha, em razão de seu envolvimento com o tema na atual pesquisa.

Seu trabalho como compositor também tem sido muito valorizado na Europa. Novas composições foram encomendadas por importantes instituições, como a obra para o concerto de aniversário do Institute for Transcultural Music, da Universidade de Música de Weimar, e a obra para a Camerata Temporalis, de Weimar.

A Universidade Bauhaus, uma das mais prestigiadas escolas de artes do mundo, está celebrando 100 anos do Movimento Bauhaus em 2019. A pedido da universidade, Acácio participou do projeto “Cirque du Bauhaus” e compôs uma homônima para grupo de câmara de 11 músicos, peça estreada no planetário da cidade de Jena. A convite da Universidade de Bergen, o concerto também será apresentado na Noruega, dia 20 de agosto, sob regência do professor.

Na cerimônia de entrega da Medalha Goethe 2018, reconhecimento alemão para a contribuição do intercâmbio cultural internacional, a obra inédita “Onapapitsi”, para duas flautas alto, foi apresentada. Desenvolvida especialmente para parte do evento, a composição homenageia a fotógrafa Claudia Andujar, suíça naturalizada brasileira que recebeu a honra da medalha pelo seu trabalho singular com os indígenas Yanomami na Amazônia por quase 30 anos.

Ainda como parte de seu projeto de pesquisa relacionando composição e cultura, compôs a obra orquestral "Omonawana". Ela foi estreada em 2019, no Festival de Música Contemporânea Weimarer Frühlingstage pela Orquestra Filarmônica de Jena sob a regência de Markus L. Frank.

Reconhecimento internacional e nacional

Após o convite para participar de uma análise de perfil e a aprovação pelos membros colegas compositores, Acácio se tornou integrante da Liga Alemã de Compositores. Ela foi formada em 1994, quando outras associações da Alemanha se uniram, e atualmente possui aproximadamente 800 participantes.

No Brasil, Acácio Piedade já é conhecido por suas composições, que tem sido selecionadas e executadas em diversos festivais de música contemporânea do país, como o Panorama da Música Brasileira Atual, no Rio de Janeiro. Em 2010, foi premiado na Bienal Brasileira de Música Contemporânea, organizada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte). A música “Paraboles”, para três violas e três violoncelos, venceu o prêmio na categoria composição clássica.

Este ano, recebeu uma menção honrosa durante o Festival Tinta Fresca em Minas Gerais. Sua obra “Linhagens” foi apresentada pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais durante o concerto de encerramento do evento.

Sobre o professor

O pesquisador, compositor e professor Acácio Piedade  possui vínculo com a Udesc desde 1998. Ele é graduado em Música (Composição) pela Universidade Estadual de Campinas (1985), mestre e doutor em Antropologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997, 2004) e possui pós-doutorado em Musicologia pela Université de Paris Sorbonne (2010-2011). Atualmente realiza seu segundo pós-doutorado em Composição na Universidade de Música Franz Liszt.

O professor retorna ao Brasil para lecionar na Udesc no primeiro semestre de 2020, onde dá aulas de composição e análise musical nos cursos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado) em Música.


Esta reportagem foi apurada e escrita pela estagiária de Jornalismo do setor, Mariana Passuello, sob supervisão e edição da jornalista Laís Moser. 

Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8350
*Notícia atualizada em 12/08/2019, às 15h48.

galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 1907
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8300
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Horário de atendimento:  07h às 19h