Please enable JavaScript to view the page content.
Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

04/05/2021-12h31

Artigo de professores da Udesc Joinville e Ufsc é capa de revista internacional

 
A capa ilustra a aplicação de dupla função dos novos compostos de cobre. Por um lado, eles imitam a função da enzima catecol oxidase, responsável pelo escurecimento de frutas e plantas  - Foto: Divulgação
TextoEm 27 de abril, o artigo científico “Effect of Chelate Ring Size of Binuclear Copper(II) Complexes on Catecholase Activity and DNA Cleavage”, desenvolvido pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), se tornou capa do periódico “European Journal of Inorganic Chesmitry” da casa editorial Wiley após ter sido publicado em 22 de março deste mesmo ano.

Este trabalho foi uma colaboração direta entre os professores Fernando Xavier e Rogério Gariani, integrantes do Laboratório de Síntese & Catálise (SinCa) do Departamento de Química da Udesc Joinville, e os professores Ademir Neves e Rosely Peralta, do Laboratório de Bioinorgânica e Cristalografia (Labinc) do Departamento de Química da Ufsc.

Neste trabalho, os autores preparam compostos até então inéditos na literatura especializada, os quais são capazes de oxidar catecóis (compostos precursores da síntese de neurotransmissores tais como a serotonina e noradrenalina) além de fragmentarem ácidos nucleicos tais como o DNA. Os autores demonstram que pequenas alterações estruturais nestas moléculas podem influenciar significativamente suas propriedades catalíticas. Outra característica bastante marcante da oxidação de catecóis é o fenômeno de escurecimento observado ao se expor a parte interna de frutos, tais como a maçã.

A capa ilustra a aplicação de dupla função dos novos compostos de cobre. Por um lado, eles imitam a função da enzima catecol oxidase, responsável pelo escurecimento de frutas e plantas. Por outro lado, atua como nuclease artificial, capaz de produzir fragmentos no DNA, semelhantes aos formados por enzimas de restrição. Enzimas de restrição podem ser consideradas “tesouras moleculares" capazes de cortam a dupla-fita de DNA em regiões específicas.

Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville
E-mail: comunicacao.cct@udesc.br
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8000
E-mail: comunicacao@udesc.br
Horário de atendimento: 13h às 19h