Please enable JavaScript to view the page content.
Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

27/06/2018-11h31

Coletivo Nega, formado por estudantes da Udesc, leva arte negra para as escolas públicas catarinenses

 
Coletivo Nega realizará oficinas e apresentações em escolas catarinenses. Foto: Cristiano Prim
O Coletivo Nega, que se originou do projeto de extensão Negras Experimentações Grupo de Arte na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), realiza o projeto independente “Afroarte SC - Viajando com arte negra nas escolas catarinenses". O projeto passará entre julho e novembro de 2018 pelas seguintes cidades: Laguna, Joinville, Itajaí, Blumenau e Lages. Dentro desse percurso a proposta é visitar as escolas inscritas e selecionadas que estão nestas regiões. As isncrições vão até dia 8 de julho e o resultado sai dia 10 de julho na página do facebook do Coletivo.

O Coletivo Nega, que leva o mesmo nome do programa de extensão que apóia o movimento, nasceu no Centro de Artes (Ceart) há oito anos, e desde então tem sido protagonista na representatividade negra artística no estado. Segundo o Coletivo, a importância de criar o projeto Afroarte veio da necessidade de diálogo com as comunidades locais, e mais especificamente com a comunidade escolar. Após um período de interações com escolas locais de Florianópolis, o grupo sentiu a necessidade de uma experiência que vá além de apresentações, como uma atividade que unisse alunos e educadores em torno do teatro negro.

O projeto Afroarte SC


Para participar do projeto é preciso que uma escola da rede pública, preferencialmente com ensino médio, esteja inscrita no formulário online. A partir disso o Coletivo selecionará uma escola em Laguna, Joinville, Itajaí, Blumenau e Lages para visitar durante um fim de semana entre julho e novembro de 2018.

Com questões elaboradas no formulário de inscrição, os participantes do projeto Afroarte SC selecionarão em conjunto as escolas que participarão do projeto. Os critérios de seleção levarão em conta o interesse de cada instituição inscrita e também a compatibilidade das datas  predefinidas pelo projeto e os dias escolhidos pelas escolas.

Durante a visita, o coletivo apresentará a peça de teatro Preta-à-Porter, oferecerá oficinas de teatro com as atrizes do grupo e uma oficina de percussão com o mestre de bateria Edinho Roldam. Além das atividades com os alunos, os educadores terão uma aula especial sobre a discussão racial em sala de aula. Essa oficina especial será ministrada pela  professora Julianna Rosa de Souza. Todas as oficinas suportarão até 25 pessoas, desde estudantes a profissionais.

O projeto é contemplado pelo edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura na categoria Cultura Negra de 2017, lançado pelo Governo do Estado de Santa Catarina.

Pret-à-Porter e o Coletivo Nega


O Preta-à-Porter é uma performance criada pelo Nega há cinco anos na Udesc Ceart, que parte de histórias e de conflitos enfrentados no cotidiano da população negra. As histórias são modificadas com o passar do tempo, sendo as interpretações baseadas na vida pessoal dos artistas que formam o coletivo. A narrativa da peça dá destaque para a vivência de mulheres negras, especialmente as que integram o grupo.

Esta não é a primeira vez que o Nega concede oficinas de teatro para a comunidade, em 2017 o Coletivo realizou aulas gratuitas de dança afrobrasileira na Udesc Ceart. O Coletivo já recebeu mais de 20 atores diferentes, atuando na Udesc e também de forma independente na comunidade local. No último ano, as atrizes e estudantes do curso de licenciatura em Teatro que acompanham o Nega desde o início, Thuanny Paes, Rita RIe e Michele Mafra, participaram de um congresso latino-americano no Perú.

>Mais informações e dúvidas relacionadas ao projeto entre em contato pelo email: coletivogeal@gmail.com

Oficinas:

Oficina 1: Questões Raciais, Arte e Docência (1 turma)
Responsável pela oficina: Julianna Rosa
Público Alvo: Professores, diretores, coordenadores, serviços gerais, merendeiros

Oficina 2: Oficina de Teatro - Teatro pra quem? (3 turmas de até 25 pessoas cada)
Responsável pela oficina: Thuanny Paes, Michele Mafra, Sarah Motta, Franco

Oficina 3: Percussão - Fazendo Barulho na Escola (1 turma)
Responsável pela oficina: Edison Roldan
Assistente: Rita Roldan Lima

Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br
Telefone: (48) 3664-8350
galeria de downloads
galeria de imagens
  • Apresentação Preta-à-Porter nos 30 anos da Udesc Ceart - foto:Cristiano Prim
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8000
E-mail: comunicacao@udesc.br
Horário de atendimento: 13h às 19h