Please enable JavaScript to view the page content.
Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

02/06/2020-17h22

Projeto da Udesc Ceart entrega mais de 3580 balaclavas aos profissionais de saúde de três hospitais

Confecção de máscaras especiais para UTIs e centros cirúrgicos foi desenvolvida por estudantes da Moda e contou com cerca de 40 colaboradores

 
Foram mais de 3580 balaclavas produzidas pelo projeto Imagem: Divulgação
Desde o início do isolamento social, em virtude do novo Coronavírus, a Covid-19, equipes de professores e estudantes do Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) se engajaram no enfrentamento da pandemia. Na última semana, o projeto do curso de Moda entregou os últimos equipamentos de proteção individuais (EPIs).

Sob a orientação técnica do professor Lucas da Rosa e com o apoio do Centro Acadêmico de Moda, uma equipe de estudantes trabalhou no Ateliê de Confecção da Udesc Ceart, produzindo balaclavas descartáveis (toucas de TNT). O projeto que começou no Hospital Regional de São José, se ampliou e totalizou na confecção e entrega de 3588 balaclavas, sendo distribuídas 1061 para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, 160 para o Hospital Celso Ramos, ambos de Florianópolis e 2367 para o Hospital Regional de São José. O objeto de proteção individual é utilizado para retenção de gotículas de fluidos, especialmente por cirurgiões e profissionais na UTI e centros cirúrgicos, já que cobre toda a cabeça e é muito utilizada sob um face shield (protetor facial).

Inicialmente, a equipe contava com apenas 8 estudantes da Moda, mas posteriormente, surgiu a ideia da implantação de um esquema de delivery, ou seja, entrega. Por meio desse sistema, a equipe entregava as peças cortadas e outros colaboradores as costuravam em casa, ampliando a produção. “Assim conseguimos contar com apoio de quase 40 pessoas ao longo do projeto, incluindo de outros cursos”, acrescenta Mariana Gusmão, estudante da terceira fase do curso de Moda do Ceart, idealizadora do delivery.

Felipe Fonseca, estudante da Moda e coordenador do projeto, diz que algumas tarefas não exigiam tanta técnica e puderam ser facilmente ensinadas para quem tivesse interesse em contribuir. Outras pessoas que já tinham um pequeno conhecimento em costura foram instruídas e puderam participar da confecção dos EPIs. “O projeto começou com uma demanda do Hospital Regional de São José, que procurou a universidade e com a divulgação das primeiras notícias, outros hospitais entraram em contato: primeiro o Celso Ramos e depois o infantil”, acrescenta Felipe.

A equipe, além de contribuir aos hospitais, também produziu, com o resíduo das balaclavas, 70 máscaras de proteção facial, comuns, que foram distribuídas para a equipe de segurança, limpeza e jardinagem do Campus I, da Udesc.

Prática e aprendizagem

Outro fator positivo é que a ação, fez com que os estudantes colocassem prática os conteúdos aprendidos durante a graduação, tais como o uso de software para ampliar o aproveitamento dos insumos, auxiliar no enfesto [operação na qual o tecido é estendido em camadas] e corte em massa; prototipagem do produto e a confecção em linha de montagem para ampliar a capacidade produtiva. Ao longo do projeto os colaboradores, em especial os estudantes da Moda, tiveram contato com pesquisas que visavam desenvolver novas formas e novos tecidos que se adequem à realidade dos profissionais de saúde.

“A ação foi de extrema importância pois prova que a Moda é, antes de tudo, um campo social. E que há diversas formas que nossa área pode contribuir para o desenvolvimento da sociedade. Estar presente no Centro de Artes nesse momento foi bastante simbólico. O Ceart apresentou diversas ações no combate à pandemia, mostrando que não somente a saúde e as áreas tecnológicas, mas nós, artistas, também temos muito a contribuir”, afirma Felipe Fonseca que finaliza falando sobre a importância da participação coletiva: “Agradecemos a todas as pessoas que de alguma forma colaboraram com o projeto. A equipe diretiva do Centro de Artes, o Departamento de Moda, a equipe do Centro Acadêmico de Moda, as profissionais da limpeza e, principalmente, as voluntárias da costura. Ações em conjunto são fundamentais para o enfrentamento dessa pandemia”, finaliza.


Assessoria de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: comunicacao.ceart@udesc.br


galeria de downloads
galeria de imagens
  • Imagem 1
  • Imagem 2
  • Imagem 3
  • Imagem 4
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8000
E-mail: comunicacao@udesc.br
Horário de atendimento: 13h às 19h